Como Funciona?

 

 1- Ovitrampa

A ovitrampa é uma armadilha que simula um ambiente ideal para a deposição de ovos de mosquitos Aedes. Sua construção é simples, sendo composta por um recipiente plástico preenchido com água, uma substância atrativa para os mosquitos e uma paleta de papel semi-submersa.  Se houver ovos nas amostras, significa que há mosquitos adultos no ambiente, e quanto mais ovos detectados, maior é a infestação local. O uso das ovitrampas é seguro, bastando seguir corretamente as orientações de uso. Os cidadãos interessados em colaborar com o monitoramento deverão construir suas ovitrampas e semanalmente tomar fotografias das amostras geradas, utilizando o aplicativo AeTrapp que poderão instalar em seus smartphones.

 

 2- Aplicativo AeTrapp

O aplicativo AeTrapp, a ser disponibilizado gratuitamente nas lojas de aplicativos Google Play e App Store, permitirá aos colaboradores cadastrarem-se no sistema, tomar as fotografias das amostras e enviá-las ao servidor. Permitirá também aos usuários visualizar em um mapa os dados gerados por todos os colaboradores de diferentes localidades, verificando os locais onde a infestação por mosquitos Aedes é mais crítica.

 

3- Website aetrapp.org

O website receberá as fotografias enviadas pelos colaboradores e automaticamente contará o número de ovos presente em cada amostra. O resultado será disponibilizado em um mapa onde tanto a sociedade civil quanto agentes públicos de saúde poderão visualizar dados comparativos em tempo real e séries históricas, subsidiando uma ação mais focada e efetiva em locais que requerem combate urgente aos focos de mosquitos.

 

 

Monitoramento cidadão de focos de mosquitos Aedes, transmissores de dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana. Comunidades gerando dados para o combate aos mosquitos.

Licença

Creative Commons License
Creative Commons
Atribuição-CompartilhaIgual
4.0 International
(CC BY-SA 4.0)

Realização

logos-peq

JoomlaMan